Meninos, comportem-se!

Alberto João demitiu-se, forçando assim a convocação de novas eleições na Madeira. No continente, fala-se da manobra política desnecessária e desestabilizadora (travessura?); os populares entrevistados pela Sic Notícias dizem que não, que o seu eterno líder tem toda a razão, que isto de se lhe cortar a mesada é que não pode ser.

A Madeira é mesmo um Jardim.