Panamá Bye Bye II: as vistas de casa

Nos três anos que vivemos no Panamá morámos num quadragésimo nono andar. Sim, leram bem, quadragésimo nono. (E sim, subi algumas vezes as escadas até lá acima, eram cerca de 15 minutos a ofegar e a transpirar.)

Para além do nosso apartamento ser muito bonito, as vistas que tínhamos de lá de cima eram panorâmicas, como se pode imaginar. Para este, víamos Costa del Este, bairro onde o Príncipe trabalhava; para lá víamos verde e mais verde até ao aeroporto, e daí ainda mais verde na direcção do Darién e da Colômbia. Para oeste, víamos a Avenida Balboa, o Casco Viejo, víamos a Ponte das Américas (que atravessa o canal e, no dizer popular, une a América do Sul à América do Norte) e várias gruas do canal.

De lá de cima víamos também o belíssimo Templo Bahá´í, no topo da colina. E de lá de cima eu controlava o trânsito e indicava ao Príncipe o melhor caminho a tomar no regresso a casa, no caso do Corredor Sur estar muito congestionado.

Good morning, #pty

Good morning, #pty

A aproveitar a vista na contagem decrescente. Bom dia! #pty

Enjoying the view before leaving #pty

A conclusão a que chegamos é que me parece muito adequado que, depois de três anos lá em cima, a ver as tempestades acontecer à mesma altura, aqui nos mudemos para um rés-do-chão. É justo.

Join our community, start beautifying your life!

One comment

  1. Anonymous says:

    Tu não falas é das belíssimas vistas que se desfrutam do r/c!
    Até das casas de banho tens vistas!
    (Isto é porque é verdade e também, confesso-o, para aguçar a curiosidade de quem ainda não conhece a casa).
    Muitas felicidades na sua utilização!
    Beijinhos
    M

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge