Viagens no tempo

Kennedy Space Center, FL

Kennedy Space Center, FL

Kennedy Space Center, FL

Depois da loucura dos parques temáticos da Flórida, o senhor Príncipe convenceu-me, e ainda bem, a visitar o Kennedy Space Center. O tempo já estava a ficar ruim com a aproximação do furacão Sandy, pelo que me desapetecia uma ida a uma das famosas praias locais.

E assim fomos nós, montados no nosso GPS e comigo de co-pilota, de mapa na mão, Flórida fora. Aqui que ninguém nos ouve, era perfeitamente desnecessário. Há indicações em todo o lado e só as viragens à direita com o semáforo vermelho eram vagamente confusas. Mas só vagamente, nada que tenha atrapalhado o meu condutor.

Kennedy Space Center, FL

O Kennedy Space Center bebe um pouco da loucura dos parques temáticos e tem salas de cinema imax 3d e um simulador de voo espacial. As exposições são muito interessantes: uma, sobre a história da conquista do espaço e da picardia entre os blocos ocidental e oriental, fala dos primeiros foguetes. A exposição transporta-nos até aos anos 60, depois 70. Foi uma alegria encontrar ícones da minha infância, como o View Master, ver o Sputnik e a sua bandeira da CCCP, telefones de disco e outras coisas que tais.

Time travel courtesy of #nasa and Kennedy Space Center. #fl

(Ponha o dedo no ar quem reconhece o View Master da sua infância!)

Experimentámos o simulador de voo e vimos uma documentário sobre a o satélite Hubble, no cinema em 3d. E, quem havia de dizer, gostei imenso de ir.

Como tudo fecha cedíssimo, vale a pena ir mais cedo para aproveitar o tour de duas horas que leva os viajantes até ao Cabo Canaveral e ainda passar pela loja, onde há muitas lembranças giras, desde astronautas de papel a emblemas para coser.

Lego!

Lego!

Dali seguimos para o que nos faltava ver do mundo Disney, o “Downtown Disney”. Trata-se de uma zona cheia de restaurantes, cafés, cinemas e salas de espectáculo, bem ao estilo de mundo a fingir da Disney. O ponto alto foi a loja de legos, onde entrámos. Não conseguimos lugar para jantar, de maneira que saímos alegremente da zona e fomos dar, curiosamente, com o melhor restaurante de Orlando e seus arredores, um cochicho perdido num complexo de fama duvidosa que serve uma deliciosa comida indiana. Chama-se New Punjab Indian Restaurant e em Orlando foi a única refeição realmente recomendável; entrou directamente na categoria de comida da mãe, isto, claro está, se a minha mãe fosse do Punjab.

O dia seguinte seria o nosso último em Orlando, e decidimos que não nos poderíamos ir embora sem conhecer a cidade.

Join our community, start beautifying your life!

One comment

  1. Anonymous says:

    Bom, eu não ponho o dedo no ar pelo view master, mas vejo daqui três indicadores no ar.
    Mais um relato intenso que nos deixa desejosos de “lá” irmos.
    Bjs.
    M

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge