Delícias

Uma das coisas que nos faz particularmente feliz na nossa vida panamenha é a disponibilidade de restaurantes com especialidades de países muito diferentes. A oferta, cá, é muito mais variada que em Buenos Aires, por exemplo, apesar de poder parecer estranho. Os porteños são muito cosmopolitas, mas, quando de comida se trata, os seus gostos são bastante limitados.

Aqui no Panamá, pelo contrário, não só os restaurantes são acessíveis, como a comida, em geral, é deliciosa, desde o tasco de praia até ao lugar mais sofisticado da capital.

Um dos restaurantes que nos faz imensamente feliz – mas que convém visitar em grupo, já que as porções são extremamente generosas – é o Beirut. Tem dois espaços, ambos agradáveis: um em plena zona bancária; o outro, no Causeway, uma zona da cidade usada pelos locais para actividades de fim-de-semana.

Não dá para inovar na descrição da comida: é deliciosa, abundante, fresca, bem confeccionada e bem servida. Ora vejam:

Hummus

Começamos com um belíssimo hummus de entrada, um creme de grão e sésamo de comer e chorar por mais.

Foul de habas

Seguimos com um um foul de favas, um prato que tem tudo para empanturrar o mais valente comensal, mas ainda assim é delicioso.

Falafel

E um pratinho de falafel, umas bolinhas fritas de puré de grão.

Como vêem, uma refeição ligeirinha, até agora. E ainda só vamos nas entradas.

Seguiu-se um delicioso prato que o Príncipe pediu; o nome escapa-se-me, e também se me escapou a oportunidade de o fotografar, já que foi imediatamente atacado e não agi a tempo.

Baclava

Terminámos com um pratinho de baclava, uma sobremesa à base de pistacho, mel (e um toquezinho de água de rosas, parece-me), tudo enrolado em finas camadinhas de massa filo. É doce na medida certa; regado com o chá que nos oferecem, é o fecho ideal de uma refeição memorável que pede, automaticamente, uma valente sesta.

Join our community, start beautifying your life!

5 comments

  1. Billy says:

    Sim, quando vierem cá, é claro que lá vamos!

    Karen, é tããããão apetecível! Cada vez me convenço mais de que adoro a comida do Médio Oriente. (Ou será que o que adoro mesmo é comida, em geral?)

  2. Ahimsa says:

    Hmmm….

    Adoro comida do Médio Oriente também, e escolheram os meus favoritos todos 🙂 No Porto há um restaurante bem simpático e baratucho, numa transversal aos aliados… hmmm

    OK, estou com fome!

    Namaste!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge