Ensaimada sanpedrina

Ensaimada Sanpedrina

Quem me conhece sabe que eu não sou rapariga de doces. Exceptuando o chocolate (o mais escuro possível, se faz favor!), não sou assim muito fã. Gosto de alguns doces menos doces, como aqueles algarvios em forma de fruta. Dispenso os fios de ovos do interior, mas se vierem, bem, também não é o fim do mundo. (Só não consigo mesmo comer os que têm forma de gamba. Não dá.)

Ora bem, o preâmbulo serve para dizer que, apesar de não gostar de doces, gostei muito da ensaimada sanpedrina que, para as gentes de San Pedro, é mallorquina. Tem forma de focaccia, massa parecida à da bola de Berlim e, no seu interior, creme de pasteleiro ou doce de leite. Preferimos o primeiro, porque entre um e outro o creme de pasteleiro ainda consegue ser menos doce.

Contrariamente a tudo o que eu poderia esperar, gostei da ensaimada. A textura da massa é muito leve, a massa praticamente não é doce e o creme de pasteleiro estava com uma textura muito agradável. Pelo tamanho da porção, é um doce para partilhar com alguém.

Acreditem, a mais surpreendida aqui fui eu.

Join our community, start beautifying your life!

2 comments

  1. Ahimsa says:

    Que saudades de uma ensaimada!

    Se bem que essas ensaimadas são um bocadinho aldrabadas!!!

    As ensaimadas em Barcelona, que vêm de uma das baleares, não têm recheio e não são muito doces.

    E vêm em vários tamanhos.

    Pronto… mais saudades!

  2. Billy says:

    Eles bem lhes chamam “mallorquinas” mas a mim parecem-me “sanpedrinas”. Não que conhecesse previamente as ensaimadas, que não conhecia.

    Quanto ao recheio, Ahimsa, os argentinos são bastante gulosos e estão habituados ao dulce de leche desde pequenininhos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge