Final-de-semana legal

(Atenção: este post deve ser lido com sotaque brasileiro)

Esse final-de-semana foi legal demais. Tivemos nossos amigos brasileiros, mais precisamente cariocas, de visita. Uma viagem de trabalho a Buenos Aires se prolongou por mais dois dias para poderem aproveitar Sábado e Domingo por cá.

Logicamente os convidámos para ficarem cá em casa: não perdemos uma oportunidade pra falar português, não é? Tanto falámos que, no final de sexta-feira, já eu estava pensando em português brasileiro, colocando uma série de “…pra cacete” (“bom pra cacete”, “cheio pra cacete”,…) no meio de minhas frases. As pensadas, claro. O que eu falava, eu tentava que soasse português lusitano.

Daí que foi legal demais. Nossos amigos são muito gente fina (adoro esta expressão!), nos fizeram uma companhia muito bacana, fomos no Osaka comer ceviches e tiraditos, na Feria Puro Diseño e, inclusivamente, passámos pelo Easy, esse hipermercado de materiais de construção que está faltando no Rio. Ou, pelo menos, está faltando com os preços de cá.

Os serões foram passados em casa, olha só: Paulo tocando piano, acompanhado no violão pelas mãos de D e pela voz de F. Eu, no tricô.

Que pena que finais-de-semana beleza como esse tenham um fim tão rápido. Mas agora tá mesmo vindo a vontade de ir no Rio. Outra vez.

Join our community, start beautifying your life!

2 comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge