Diz que e uma especie de uniformizacao

Só que sem ser.

Este post também podia ter como título “formatos há muitos, seu palerma”, porque é mesmo isso. É uma uniformização de formatos sem ser (qual A4, qual letter!) e a multiplicação da dimensão.

É que aqui na Argentina não há factura que tenha o mesmo formato que a seguinte. E que nem se pense que a largura máxima do envelope DL (esse sim, obedece à uniformização) constitui barreira à variedade de tamanhos. Cada folha é uma folha e, na sua autêntica unidade, tem um formato diferente da folha seguinte.

O dossier das facturas, que em Portugal fica tão arrumadinho (e gordo, pois…), cá é uma paleta de formatos de papel cujos modelos provavelmente nem nomes têm. A Telefónica, por exemplo, que é a mãe da Movistar (acho que não estou a cometer um grande erro, mas sabe-se lá!), tem uma factura com uma dimensão diferente da sua filha. Talvez porque a Movistar é filha e seja mais pequena? Não me parece. Uma é mais larga, a outra mais comprida. Ambas cabem no envelope, mas uma mais folgada, a outra menos.

Isto é um problema grande para uma designer! Eu gosto de ver as folhas arrumadinhas e com os furos para entrar no dossier no sítio certo, nem mais acima, nem mais abaixo! Mas não. Cá não. Agora a minha política é marcar-lhes o meio, a cada uma, e furá-las aí.

Quanto ao aspecto do dossier… nem vale a pena falar.

Join our community, start beautifying your life!

3 comments

  1. Ana says:

    Estou contigo. Não há nada que me deixe mais furbunda do que ter o dossier desalinhado. Sim, porque nem toda a gente tem o cuidado de furar no sítio certo. E há sempre os engraçadinhos que mudam o furador para outros formatos, devem achar que aquele apêndice é só para enfeitar. Besitos, Ana

  2. alcinda says:

    Tempos houve,não teus,claro,que aqui também era assim! E não havia furador com o tal apêndice. Então a técnica era mesmo essa!
    Gostáste de A Fórmula de Deus? Acabei de o ler no Algarve, mas prefiro Combateremos a Sombra que também li.bjs

  3. Anonymous says:

    Estou a ver que isto é de família.Também eu tenho a mania dos papeis muito certinhos dentro das pastas. Eu que pensava que era defeito de contabilista…mas afinal não.
    Beijinhos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge