Mnham II

Hoje almoçámos “iam tchá” no restaurante chinês do Casino Estoril. Para além do “dim sum”, pedimos ainda massa de fita larga com carne de vaca (algo como “cong chau ngau hoc”) e arroz chau chau, encomendando-nos respectivamente a uma “longa vida” cheia de “dinheiro”. Complementámos ainda com um prato de vieiras com espargos e outro de legumes chineses variados. Com muita raiz de lótus, para fazer bem à pele.
Ensonada e afundada numa cadeira de crescidos com uma almofada debaixo do rabo, a Carolina imitava-nos com os pauzinhos, dando de comer a quem estivesse por perto. Enquanto isso, pedia “papa” à Mamã, e certificava a sua qualidade com expressivos “mnham mnham!”.
Terminei com um pudim de manga do além, ou melhor, com O pudim de manga (tento conter a actividade das minhas glândulas salivares, protecção do teclado oblige). Agora tenho de ganhar coragem para arrumar a minha casa e “desmoer” o almoço… de preferência antes do jantar.

Join our community, start beautifying your life!

3 comments

  1. Anonymous says:

    Então é assim que se escreve “cong chau ngau hoc”?!
    (nham nham)
    Pudim de manga? Hmmmm… Estou a imaginar os esguichos de saliva a dispararem descontrolados : p

  2. Anonymous says:

    Então é assim que se escreve “cong chau ngau hoc”?!
    (nham nham)
    Pudim de manga? Hmmmm… Estou a imaginar os esguichos de saliva a dispararem descontrolados : p

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge